fbpx

Alanis Morissette faz 50 anos: cinco músicas para conhecer a canadense


Alanis Morissette comemora, neste sábado (1º), seus 50 anos de idade. A cantora canadense estourou com o disco “Jagged Little Pill”, que vendeu mais de 33 milhões de cópias e se tornou, na época, a melhor estreia de um artista feminino em todo o mundo.

Para marcar os 25 anos do disco, completados em 2020, Alanis rodou o mundo com a “Celebrating 25 Years of Jagged Little Pill” entre 2021 e 2023. A turnê passou pelo Brasil em novembro do ano passado e se tornou a mais lucrativa da carreira da cantora.

A canadense é dona de sete Grammy Awards e quatro deles foram para o “Jagged Little Pill” na cerimônia de 1996: Melhor Álbum, Melhor Álbum de Rock, Melhor Canção de Rock (“You Oughta Know”) e Melhor Performance Vocal de Rock Feminino (“You Oughta Know”). Ela também levou os prêmios de Melhor Clipe Musical Longo (“Jagged Little Pill: Live”), Melhor Canção de Rock (“Uninvited”) e Melhor Performance Vocal de Rock Feminino (“Uninvited”).

Não conhece Alanis Morissette? A CNN separou cinco das principais músicas da cantora. Veja abaixo:

“You Oughta Know”

Lançada como primeiro single do “Jagged Little Pill”, a música foi o cartão de visitas mundial de Alanis, que já havia lançado dois álbuns que tiveram relevância apenas dentro do Canadá. A música alcançou a sexta posição da Billboard Hot 100 e liderou o Alternative Airplay, parada que media os plays das músicas em rádios de rock moderno e alternativo.

A gravação conta com a guitarra de Dave Navarro e o baixo de Flea, que na época faziam parte do Red Hot Chilli Peppers. O primeiro também é conhecido pelo seu trabalho na banda Jane’s Addiction.

“Ironic”

Quarto single do “Jagged Little Pill”, “Ironic” soma mais de 450 milhões de plays e é a música mais escutada de Alanis no Spotify. É o principal hit da carreira da canadense, que alcançou sua maior posição no Hot 100 da Billboard com ela: a quarta colocação.

A música recebeu duas indicações ao Grammy Awards, mas brilhou mesmo no VMA, onde recebeu seis indicações e ganhou três troféus: “Melhor Edição”, “Melhor Clipe Feminino” e “Artista Revelação em Clipe”.

“Uninvited”

Lançado em fevereiro de 1998, “Uninvited” integrou a trilha sonora de “Cidade dos Anjos”, filme protagonizado por Nicolas Cage e Meg Ryan. A canção não pôde entrar no Billboard Hot 100 porque as regras da época não permitiam que canções que não tivessem sido lançadas como singles físicos estivessem elegíveis à principal parada da revista norte-americana.

“Uninvited” ganhou dois Grammys e foi o primeiro lançamento de Alanis após o sucesso mundial de “Jagged Little Pill” e só foi inserida em algumas versões promocionais do álbum “Supposed Former Infatuation Junkie”.

“Thank U”

A canção que abriu os trabalhos e foi o primeiro singles do “Supposed Former Infatuation Junkie” foi “Thank U”. Escrita e produzida por Alanis, a música reflete as descobertas espirituais que a canadense fez em uma viagem para a Índia.

“Thank U” tem como pico a posição 17 do Billboard Hot 100 e foi indicada ao Grammy na categoria de Best Female Pop Vocal Performance em 2000.

“Hands Clean”

O primeiro single do álbum “Under Rug Swept”, lançado em 2002, rompeu um hiato de quatro anos sem álbuns de estúdio. Neste período, a cantora havia lançado um disco acústico em parceria com a MTV e, depois, decidiu tirar um tempo de férias.

“Hands Clean” fala de um relacionamento que Alanis teve com um mentor musical muito mais velho quando tinha apenas 14 anos. Para retratar a posição de vulnerabilidade em que ela se colocou na letra, a cantora optou por fazer um videoclipe em que caminha sem roupas por ruas e lojas de Nova York.

Fonte das informações: CNNBRASIL

Não há Tags

23 visualizações, 2 hoje

  

23 visualizações, 2 hoje