fbpx

Casagrande diz que Gabigol é “mimado“ e aponta culpados pela situação


Convidado do Domingol com Benja desta semana, o ex-jogador e comentarista Walter Casagrande falou sobre a situação de Gabigol no Flamengo. O jogador do Flamengo vive fase delicada com clube e com diretoria após ser flagrado vestido com uma camisa do Corinthians.

“A responsabilidade de tudo o que está acontecendo não é do Gabriel. É da diretoria do Flamengo e da torcida, que foram mimando. O Gabriel é um jogador mimado dentro do clube. Ele fazia coisa errada e passavam a mão na cabeça. Dividiu o foco sendo trapper e não jogando nada, e a torcida não falava nada nem a diretoria enquadrava”, afirmou.

Em agosto de 2023, quando o atacante lançou mais uma música, torcedores rubro-negros reclamaram nas redes sociais. À época, ele lançou, no dia do próprio aniversário, a música “O que você quer de mim?”, um tipo de rap em parceria com o DJ Zullu e o trapper JF.

Além de encarar um protesto à porta da festa de aniversário, a publicação com a música causou revolta e reclamações de torcedores nas redes sociais.

“O pacote do Gabriel pesou. Ele vem fazendo coisas há um bom tempo. Já falou do Corinthians em podcast, já ficou no banco e fez bico, ficou com chuteira amarrada e sem camisa de jogo. Foi substituído e deu bico no copo e não cumprimentou, o pacote é longo. Mas ainda assim ele fazia gol”, explicou Casão.

“Se o torcedor está com bronca do cara, mas o cara decide, passa batido tudo isso. Quando ele para de decidir, vem o resgate de todo o comportamento e todas as atitudes. Acho muito difícil ele recuperar a condição de ídolo e jogar com tranquilidade”, completou.

“Eu acho que ele vai ficar e sair de graça no final do ano, porque ele está invocado com a diretoria do Flamengo, então um modo de agredir é não sair sendo vendido”

Gabigol tem contrato com o Flamengo até o final do ano e já pode assinar um pré-contrato com outro clube.

Protestos da torcida

Na última quarta-feira (22), uma faixa de protesto contra o atacante foi estendida pela torcida do Flamengo na Arena da Amazônia, em Manaus, antes de jogo contra o Amazonas. A manifestação levava consigo os seguintes dizeres: “Não somos fãs de canalhas”.

Antes do jogo, alguns torcedores ainda cantaram “Ô Gabigol, vai se f*, o meu Flamengo não precisa de você” e levaram uma outra faixa com os dizeres “Gabi Judas”.

Punição

Pedido de desculpas


Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

Fonte das informações: CNNBRASIL

Não há Tags

23 visualizações, 2 hoje

  

23 visualizações, 2 hoje