fbpx

Pacheco pede desculpa a Padilha por não citá-lo em sessão da reforma tributária


Após críticas do presidente da Câmara, Arthur Lira, sobre a articulação política do governo, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, entrou em cena como mediador do conflito.

Pacheco telefonou para o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, para pedir desculpas pelo nome do ministro não constar na ata de agradecimento da sessão solene que promulgou a Reforma Tributária.

Segundo Pacheco, ele explicou a Padilha que houve um erro do cerimonial. A ausência de menção a Padilha foi ironizada pela cúpula da Câmara.

Apesar do mea culpa, o presidente do Senado não soube responder qual seria a participação de Padilha na costura da Reforma.

“Na Reforma Tributária não identifiquei tanto [atuação de Padilha], mais a posição de Haddad e Arthur na Câmara e Eduardo Braga no Senado”, disse.

À CNN, o ministro Alexandre Padilha minimizou as críticas e disse que “está muito feliz por tudo que foi aprovado, contrariando as previsões de muita gente”.

Fonte das informações: CNNBRASIL

Não há Tags

45 visualizações, 1 hoje

  

45 visualizações, 1 hoje