fbpx

PF investiga tráfico de trabalhadores brasileiros para Turquia


A Polícia Federal investiga se 27 brasileiros foram vítimas de um esquema internacional de tráfico de trabalhadores.

As vítimas seriam artistas de dança e teatro de vários estados brasileiros. Eles eram aliciados por meio das redes sociais ou por convite direto de um suposto empregador com ofertas para realização de shows na Turquia.

Ao chegar no país, no entanto, os artistas eram submetidos a condições degradantes, alojamentos indignos, alimentação inadequada e racionada, retenção de salários, além ameaças constantemente. A CNN apurou que os shows eram feitos em hotéis na região de Antália.

As vítimas seriam de Santa Catarina, São Paulo, Ceará, Rio Grande do Sul, Rondônia, Goiás, Rio de Janeiro, Bahia e Minas Gerais.

Nesta segunda-feira (23), a PF deflagrou uma operação para cumprir um mandado de busca e apreensão no endereço de um empresário brasileiro, em Florianópolis (SC). Ele seria o responsável pela contratação e envio dos artistas para a Turquia.

Na casa dele foram apreendidos celulares, notebook, documentos e o passaporte. Após as apreensões de hoje, a PF busca aprofundar as investigações e confirmar as suspeitas.

O crime de tráfico internacional de pessoas é tipificado em lei e tem pena de reclusão estipulada entre 4 a 8 anos, podendo ser aumentada em virtude de outros fatores, além do pagamento de multa.

Fonte das informações: CNNBRASIL

Não há Tags

45 visualizações, 1 hoje

  

45 visualizações, 1 hoje