fbpx

PGR pede ao STF autorização para investigar supostas ameaças de Bivar a Rueda


A Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) permissão para investigar as supostas ameaças feitas pelo deputado federal Luciano Bivar (União Brasil-PE) ao presidente do União Brasil, Antônio Rueda, que o substituiu na liderança do partido.

O parecer da PGR vem na esteira de uma petição protocolada no STF pela defesa de Rueda que pede a investigação do colega de partido. O caso corre em sigilo e está no gabinete do ministro Kassio Nunes Marques, que vai decidir se a investigação será aberta ou não.

Os dois travaram uma disputa pelo controle do União Brasil, com direito a várias reviravoltas. Em fevereiro, Rueda foi eleito para substituir Bivar na presidência do partido. A posse seria em junho, mas foi antecipada para o mês passado após afastamento de Bivar, acusado fazer ameaças a Rueda.

Ao Supremo, os advogados do presidente do União Brasil relataram uma suposta fala sobre a contratação de pistoleiros para matá-lo.

A provocação da defesa de Rueda ao STF veio depois que um incêndio destruiu duas casas de sua família no litoral de Pernambuco no mês passado. Na época, Luciano Bivar negou relação com o episódio e disse ser vítima de “ilações”.

Procurado pela CNN, o União Brasil disse que não vai se manifestar sobre o assunto. Procurado, Luciano Bivar ainda não respondeu aos questionamentos.

Fonte das informações: CNNBRASIL

Não há Tags

30 visualizações, 1 hoje

  

30 visualizações, 1 hoje