fbpx

Presidente do Corinthians se desculpa por antiga desavença com Mano Menezes


Nesta sexta-feira (29), Mano Menezes foi apresentado oficialmente como técnico do Corinthians. Poucos minutos antes de abrir a entrevista coletiva do novo treinador, Duilio Monteiro Alves, presidente do clube, realizou pronunciamento sobre assuntos importantes da semana.

Duilio abriu comentando sobre uma declaração que fez em 2021, quando afirmou que Mano Menezes não trabalharia no Corinthians durante seu mandato. O dirigente afirmou que a declaração forte serviu para desmentir especulações e evitar que virassem um problema interno no clube à época.

“Muito se falou sobre uma declaração que fiz, que o Mano não trabalharia comigo. Muitas vezes a gente é surpreendido por notícias que não são verdadeiras, por momentos dentro do clube, e que só desmentindo não serve. A gente passa para preservar o ambiente, o profissional que estava. Tinha o Roberto que era meu diretor e não esperava que ia sair. Tive que dar uma declaração forte para parar especulações. Muita gente ontem falando que o Tite estava fechado, se apresentaria, tive que responder falando que não houve negociação. Me desculpo por ter falado isso, mas na vida a gente aprende, muda de ideia e entendo hoje que o Mano é o melhor para o Corinthians”

Mano Menezes é o terceiro treinador da história com mais partidas pelo Corinthians, com 248 jogos. Foram 136 vitórias, 64 empates e 48 derrotas, com 63% de aproveitamento. Ele comandou nessa quinta-feira (28) o primeiro treinamento de olho no clássico diante do São Paulo, neste sábado (30), às 18h30, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro.

Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

Fonte das informações: CNNBRASIL

Não há Tags

47 visualizações, 1 hoje

  

47 visualizações, 1 hoje