fbpx

Vale do Taquari (RS) sofre com inundações 2 meses após ciclone devastar a região


Aproximadamente dois meses após a passagem de um ciclone, o Vale do Taquari, no Rio Grande do Sul, volta a ser afetado por temporais e inundações. Neste sábado (18), o Rio Taquari transbordou, provocando alagamentos nas ruas das cidades da região.

O prefeito de Lajeado, informou que houve registros de descargas elétricas, ventania e queda de granizo. A população da cidade foi orientada a não sair de casa e permanecer em abrigos seguros. Desde a madrugada de hoje (18), a prefeitura tem utilizado caminhões para remover famílias que moram em locais de risco.

Até o momento, a Prefeitura de Lajeado contabilizou 172 pessoas, de 71 famílias, que tiveram suas residências afetadas e estão sendo abrigadas no Parque do Imigrante, mesmo local que recebeu os desalojados pelas chuvas em setembro, durante a passagem do ciclone.

O nível do Rio Taquari alcançou os 23,92m, às 10h deste sábado (18), na região central de Lajeado. A água subiu 44 cm em apenas uma hora.

A chuva de hoje afeta também o município de Roca Sales, onde a prefeitura orientou a população para evacuar as casas.

O nível do Rio Taquari subiu quase 1,5 metros em cerca de duas horas, na manhã de hoje (18), na altura do município de Muçum.

Na idade de Forquetinha, o volume da água bloqueia as pontes da cidade, inclusive o acesso à rodovia federal. A Prefeitura pediu que os moradores não deixem suas casas. A população que reside em áreas de ricos deve fazer contato com a defesa civil em caso de emergência.

(em atualização)

Fonte das informações: CNNBRASIL

Não há Tags

44 visualizações, 1 hoje

  

44 visualizações, 1 hoje