fbpx

Ava Labs corta 12% de sua equipe para ‘realocar recursos’ para expansão do ecossistema da Avalanche



A Ava Labs, a equipe responsável pelo desenvolvimento da blockchain Avalanche, confirmou que demitiu 12% de seus funcionários em uma recente onda de cortes. A iniciativa foi tomada em uma iniciativa de realocação de recursos para promover a expansão do ecossistema da rede.

O fundador e CEO da empresa, Emin Gün Sirer, confirmou a notícia em 7 de novembro, depois que vários ex-funcionários da Ava Labs anunciaram no X (antigo Twitter) que haviam sido demitidos.

“Essa redução em nossa força de trabalho afetou 12% da Ava Labs e vai nos permitir realocar recursos para manter o crescimento de nossa empresa e do ecossistema Avalanche”, disse Gün Sirer.

Gün Sirer reconheceu que o mercado de baixa trouxe dificuldades à indústria como um todo, mas reiterou que a Ava Labs está bem posicionada, e dispõe de recursos significativos à disposição.

Hoje nos despedimos de alguns membros da equipe da Ava Labs. Não somos mais uma startup de 12 pessoas, mas nos esforçamos para capturar a velocidade e a energia de uma equipe pequena e ágil.

Essa redução na força de trabalho afetou 12% da Ava Labs e vai nos permitir realocar recursos para manter o crescimento de nossa empresa e do ecossistema Avalanche.

— Emin Gün Sirer (@el33th4xor)

A Ava Labs tem 335 funcionários, de acordo com o LinkedIn. Assim, cerca de 40 pessoas teriam sido afetadas pelos cortes recentes.

O vice-presidente de crescimento e estratégia da Ava Labs, Garrison Yang, deu a entender que muitas das demissões afetaram a equipe de marketing da empresa.

Em uma postagem divulgada em 6 de outubro no X, o ex-membro da equipe de marketing de crescimento de jogos Zach Manafort revelou que estava entre os funcionários dispensados. Sua saída ocorreu apesar de ele ter sido um membro importante e ativo da comunidade Avalanche desde 2020.

Parece que meus dias na @AvaLabs chegaram ao fim. Apesar das recentes demissões, minha jornada aqui foi repleta de experiências e crescimento inestimáveis.

Em minha transição para o futuro, estou aberto a explorar oportunidades em marketing ou operações.

Minha paixão combinada por esses campos…

— Trading Aloha (@TradingAloha)

As demissões foram uma surpresa para Manafort, que pensou que “as coisas estavam apenas começando.”

Brandon Suzuki, que trabalhara anteriormente na unidade de marketing da Ava Labs, também confirmou que foi demitido em 6 de outubro.

Infelizmente, fui demitido da @AvaLabs esta manhã. Se alguém tiver indicações para profissionais de marketing da web3, por favor, me avise!

— Brandon Suzuki (@BrandonSuzuki_)

A nova rodada de demissões na indústria ocorre apenas alguns dias após o anúncio de um corte de 50% na equipe do marketplace de tokens não fungíveis OpenSea.

Neil Dundon, fundador da CryptoRecruit, disse ao Cointelegraph que ainda é difícil encontrar vagas de emprego na indústria de criptomoedas no momento, apesar de um recente aumento na capitalização de mercado do setor.

“O mercado de trabalho de criptomoedas ainda está muito difícil, infelizmente, no momento. O dinheiro está escasso. O capital de risco secou.”

Dundon disse que é preciso haver mais sinais que confirmem um novo mercado de alta antes que haja um aumento significativo nas contratações novamente.

“É assim que ele sempre se comportou, e não foi diferente desta vez.”

Por outro lado, Kevin Gibson, fundador da Proof of Search, e Daniel Adler, fundador da Cryptocurrency Jobs, disseram ao Cointelegraph que observaram um ligeiro aumento nas contratações nas últimas semanas.

Gibson atribuiu esse ligeiro crescimento ao fato de as empresas de criptomoedas estarem se precavendo contra a perda de talentos quando as condições do mercado melhorarem em 2024. Ele acrescentou:

“Ainda é um mercado de empregadores, portanto, estamos incentivando as empresas a aproveitarem isso para continuar construindo, pois será muito diferente em 2024.”

Gibson observou que alguns dos cargos disponíveis eram para vagas de trabalho de apenas dois a três dias por semana, em vez de cargos em tempo integral.

Adler compartilhou um sentimento semelhante:

“À medida que nos aproximamos do final do ano, as equipes estão fazendo algumas contratações, seguindo seus planos e roteiros de contratação.”

LEIA MAIS



Fonte das informações: Cointelegraph

Não há Tags

51 visualizações, 1 hoje

  

51 visualizações, 1 hoje